Início
Notícia publicada em 06/09/2013
1º DefendEI reúne 700 idosos em Porto Nacional

06/09/2013                                                                                                           
Autora Caroline Spricigo

       Para os agricultores familiares Ana Maria Gomes, 62 anos, e Modestino Ferreira, de 68 anos, esta quinta-feira, 5, foi um dia especial para receber informações jurídicas e de saúde durante a realização do Projeto “1º DefendEI - No enfrentamento às violações dos direitos da pessoa idosa”, pela Defensoria Pública em Porto Nacional. Foram 700 pessoas presentes na ação, realizada no Centro de Comercialização (antiga Rodoviária) de Porto Nacional, que tem como objetivo conscientizar e fomentar os direitos fundamentais de idosos, como direitos à liberdade, dignidade, educação, saúde e lazer. 

      Vindos do município de Ipueiras para participar do evento, seu Modestino e dona Ana Maria colocaram a falta de respeito como um dos principais obstáculos a serem vencidos pela sociedade quando se trata de pessoas da melhor idade. Mãe de 11 filhos, com 22 netos, a agricultora reforçou a importância de se divulgar os direitos dos idosos. “Sabemos muito pouco sobre nossos direitos e é muito importante ter alguém para nos explicar sobre isso; ouço sempre sobre violência na televisão, de pessoas que aproveitam dos idosos para fazer empréstimos, que machucam os idosos, que furam fila na nossa frente. Este evento é muito importante. Agradecemos a Defensoria Pública pela oportunidade”, disse. 

      Compuseram o palco de honra do evento o defensor público geral, Marlon Costa Luz Amorim; o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Tocantins – ADPETO, Fábio Monteiro; diretor do Núcleo Regional da Defensoria em Porto, Danilo Frasseto Michelini; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, André Luiz Gomes da Silva; diretora do Curso de Odontologia do ITPAC, Ana Paula Mondin; presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Defensoria do Tocantins, Francisco Bruno Guimarães.

Emoção

     O defensor Danilo Michelini falou emocionado sobre o Projeto, que visa reduzir a dívida que o estado brasileiro tem com os idosos, cumprindo a função da Defensoria Pública como instituição representativa do Estado, na obrigação de divulgar os direitos das pessoas da melhor idade. Francisco Bruno Guimarães agradeceu a Defensoria Pública por ser uma vanguardista na divulgação dos direitos com a realização do evento, reforçando a importância dos idosos para toda a sociedade. O presidente da ADPETO, Fábio Monteiro dos Santos, falou da satisfação com que abraçou o Projeto DefendEI, que não se resume a orientação jurídica mas sim a abordagem de vários temas que protegem o idosos; da necessidade de fomentar o ensinamento não só aos idosos, mas a toda a sociedade que pratica violações; reforçando as conquistas do Estatuto do Idoso. 

      O secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento de Porto Nacional, Otoniel Andrade Filho, agradeceu a Defensoria Pública por ter escolhido Porto Nacional para receber este importante Projeto e reforçou a importância da parceria na realização das ações visando sempre a garantia de direitos do cidadão. 

      O defensor público geral, Marlon Costa Amorim, reforçou os números da população idosa hoje no Brasil, representam mais de 20 milhões; sendo cerca de 120 mil idosos no Tocantins; colocando o estado atual de negligência social, de agressão à população idosa e abandono, situação agravada pela estigmatização do idoso, vista pelo estado e pela sociedade como um pessoa improdutiva e ultrapassada. “A sensibilização da sociedade quanto ao processo de envelhecimento da população e os cuidados que os idosos requerem é, certamente, o fator mais importante para que nossos idosos possam viver com mais conforto e dignidade”, disse Marlon Amorim. 

Caravanas

       Presentes Caravanas dos municípios de Brejinho de Nazaré, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Fátima, Ipueiras, Lajeado, Miracema, Natividade, Oliveira de Fátima, Palmas, Pium, Rio Sono, Santa Rosa do Tocantins, Tocantínia, Tupirama, Porto Nacional. 

       O projeto foi idealizado como forma de comemorar o Dia Internacional da Pessoa Idosa – 1º de outubro, contando com a parceria da Prefeitura Municipal de Porto Nacional, por meio das Secretarias de Trabalho e Desenvolvimento Social e de Saúde, Governo Estadual e Instituto Tocantinense Presidente Antônio Carlos – ITPAC, e de estabelecimentos comerciais da cidade.

       O Coral Canto Nobre, da Defensoria Pública em Palmas, abriu a programação com a apresentação do Hino à Porto Nacional, Hino Nacional, e as músicas Sabiá e Cio da Terra. 

Homenagens

       O Projeto DefendEI foi também o momento de homenagear algumas pessoas da melhor idade com importante contribuição histórica e social, como a criadora dos biscoitos de “amor perfeito”, Ana Bendita Siqueira e Silva, a dona Naninha de Natividade; Carmelita da Cunha Lima, a Baixinha do Bolo; e Paulo Alves Ribeiro, o Paulo Dentista, ambos de Porto Nacional. 

Autora Caroline Spricigo
 
Link para notícia original:
http://ww2.defensoria.to.gov.br/noticias/listar/2013/9/5/12h46-1o-defendei-reune-700-idosos-em-porto-nacional/

Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Tocantins
Contato
Praça. AnaThomaz Nunes, S/N - Centro
(63) 3388 1143
contatos@santarosa.to.gov.br
Contato úteis
Bombeiros
Correios
Delegacia da Mulher
Polícia Civil
190
Não disponível
Não disponível
Não disponível
Webmaster resp.
Jorge Alex Neri
Fone:61 92131350
E-mail: jorgealex.neri@gmail.com
© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Tocantins
Desenvolvido por: