Início
Notícia publicada em 03/11/2014
Congadas 2014

O município de Santa Rosa a 160 km de Palmas com apoio da Prefeitura Municipal, viveu neste final de semana um dia de forte representação folclórico cultural, a festa do congo.

A festa do congo ou Congadas é uma manifestação de raiz africana com forte influencia portuguesa que se difundiu no Brasil colonial e aportou nesta região do norte goiano (Tocantins) junto com os primeiros colonizadores e representam a coroação de reis do Congo.

Por tradição, os congos se apresentam no cortejo a Nossa Senhora do Rosário, diferentemente, em Santa Rosa, ocorrem no Dia de Finados, dois de novembro, durante os Festejos das Santas Almas Benditas, quando os cortejos formados por reis, rainhas (festeiros) e súditos (comunidade e visitantes) seguem para os cemitérios da cidade e das comunidades rurais.

Somente os homens participam, cantando músicas que lembram fatos da história de seu país. A congada é composta por doze dançarinos. O vestuário usado pelos componentes do grupo é bem colorido e cada cor tem o seu significado. Azul e branco são as cores de Nossa Senhora do Rosário. O vermelho representa a força divina. Os adornos na cabeça representam a coroa. O xale sobre os ombros representa o manto real.

A mais antiga festa que se tem notícia na região é a da comunidade do Açude (Taperão), na Fazenda Açude, seguida da comunidade quilombola de Morro de São João, distante 30 km da cidade de Santa Rosa.

Neste domingo no Taperão os congos acompanhados pelo cortejo seguiram em direção ao cemitério, a 3 km de distância. O cemitério é muito antigo, segundo os mais velhos, pode ter 3 séculos de existência. Sob a sombra das árvores ao pé de uma cruz muito antiga, foi rezado o terço para as almas benditas e os congos dançaram ao redor dos túmulos.

Ao cumprirem seu ritual, os congos e seu cortejo retornaram ao Taperão dançando e cantando. O participante mais idoso Edivirges  Fernandes Pinheiro conhecido por Divigi tem 85 anos , participa do congo desde os 10 anos de idade, portanto tem mais de setenta anos de participando no evento, e é um dos mais animados.

No Taperão, foi rezado novo terço na pequena capela feita de adobe, com a participação dos congos e visitantes que se espremeram no espaço reduzido. Em seguida foi servido um almoço acompanhado de churrasco e o resto do dia foi dedicado a comida de graça, e bebidas vendidas em barracas de apoio.

O congo foi festejado comunidade quilombola de Morro de São João, na sede no município (Santa Rosa), na comunidade das Canjeranas e Taperão no açude.

O prefeito Ailton Araújo, que é um grande apoiador das atividades culturais e um fervoroso defensor das tradições, conseguiu se fazer presente a todas as comunidades que realizaram a congada.

\"\"

Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Tocantins
Contato
Praça. AnaThomaz Nunes, S/N - Centro
(63) 3388 1143
contatos@santarosa.to.gov.br
Contato úteis
Bombeiros
Correios
Delegacia da Mulher
Polícia Civil
190
Não disponível
Não disponível
Não disponível
Webmaster resp.
Jorge Alex Neri
Fone:61 92131350
E-mail: jorgealex.neri@gmail.com
© 2017 - Todos os direitos reservados - Prefeitura Municipal de Santa Rosa do Tocantins
Desenvolvido por: